Já é verão?

Quando se trabalha com pessoas que vivem com demência, a “orientação na realidade” continua ser uma prática comum. Há uma preocupação constante em tentar que as pessoas estejam orientadas no tempo.

Fazem-se calendários e ,por vezes de forma algo exaustiva, questiona-se pessoas com diagnóstico de demência, em que dia se encontram, em que mês estão, etc. No entanto, os dias passam-se sem que exista nada que os marque, que os torne especiais e memoráveis.

Aquilo que fazemos e as relações que estabelecemos, são o que nos ajuda a marcar o tempo. Ter algo de significativo para fazer amanhã ou na próxima semana; ter um encontro marcado, alguém com quem estar ou algo pelo qual temos responsabilidade…é o que nos orienta no tempo.

Chegamos ao verão. O que vai fazer de diferente para que as pessoas a quem presta cuidados, sintam esta estação do ano?

Algumas ideias de atividades estivais:

  • Construir um bebedouro para pássaros e aproveitar para fazer observação de pássaros e estar ao livre nas horas de menor calor
  • Dar uma nova vida aos tradicionais calendários e marque os dias através das atividades que são feitas ( p.e 2ªfeira dia de regar as plantas…)
  • Atividades criativas usando folhas e flores ( p.e construção de mandalas com estes materiais )
  • Os Aquapaints são uma excelente opção para esta época, sobretudo para quem tem maiores dificuldades em envolver-se em atividades mais complexas

Mais do que saber em que dia estamos, é saber que hoje nos sentimos bem porque estivemos envolvidos em ocupações que nos satisfizeram e por isso hoje foi um dia memorável!

A Humanamente